Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não há sol...não há mar...não há verão...

Sexta-feira, 31.07.09

 

Não há em mim a euforia da luminosidade esperada...

não há a calma das ondas do mar...nem a espuma fresca perfumada a banhar-me os pés...

não há azul...não há fascínio

nem lua cintilante...nem me ofuscam as estrelas repetidamente procuradas...

 

E porque não há fascínio

permito-me transcrever uma passagem de um pequeno livro de Pedro Paixão, "Amor portátil".

 

"Uma pessoa não pode viver a vida de outra.

Por mais perto que esteja, por mais necessidade que haja, por mais vontade que tenha. Uma pessoa nasce separada de todas as outras, vive uma vida que é só dela e acaba por morrer no minuto de uma hora que lhe é destinada.

Não deixa de ser estranho apesar de não poder ser de outra maneira. E duas pessoas sozinhas não fazem uma pessoa acompanhada. Pelo contrário: a solidão de uma potencia a outra, como uma lupa, até ao fracasso. O fracasso aqui significa a desistência, o abandono, a busca de outra coisa..."

 

Ao transcrever este texto de Pedro Paixão não posso deixar de o fazer como um desabafo do que sinto...mas não sinto desespero ou tristeza, mas antes a incapacidade de contrariar alguma solidão que de repente me inunda sem a ela ter recorrido por necessidade...

tenho em mim um silêncio incompreensível...não o entendendo nem sei onde o encontrei...mas parece que o adoptei...

não há sol...não há mar...não há Verão...

apenas o silêncio da multidão que não olho...

não escuto...

Um destes dias despeço-me deste silêncio e mergulho no sol

no mar e vagueio pela multidão ouvindo e vendo o colorido próprio dos sonhadores...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 02:01


6 comentários

De O Gato a 31.07.2009 às 08:46


Olá amiga
Ao ler o seu texto fiquei preocupado.
A tristeza abala esses sentimentos. Não me diz respeito as causas dessa tristeza mas quero só e simplesmente deixar aqui uma força positiva e é disse que precisa neste momento. O isolamento ainda é pior tente e vai-me prometer que sim, que vai saír com uma amiga apanhar o Sol que não consegue encontrar falar muito nem que seja para as paredes, para o cão para o gato é preciso é desabafar essa magoa de dor que tem dentro de si. Se desejar gritar terá o mau mail no Felino para o fazer, pressinto que precisa deitar cápara fora essa dor e estarei aqui ao lado com amizade.

Beijinhos e saia que a solidão se esvanece!

De dolce_vita a 01.08.2009 às 01:02

Um destes dias, ainda acredito que há sol...há mar...há verão...
Obrigada pela amizade
um abraço
RS

De PedraDaLua a 31.07.2009 às 17:55

Amiga..nem preciso de te dizer que estou aqui...sempre, sempre, incondicionalmente a teu lado!!
Adoro-te Muito!!

De dolce_vita a 01.08.2009 às 01:05

minha querida amiga ,também é por saber que te tenho que acredito que ainda vou ter o meu "verão".
nunca haverá tempo para te agradecer tanta amizade e amor.
RS

De Isolamento Acustico a 10.03.2010 às 14:58

Espero que no dia de hoje tenha ultrapassado tudo! É o que desejo..

De dolce_vita a 11.03.2010 às 00:25

Olá
nunca se ultrapassa tudo...apenas damos prioridade a algumas coisas,experiências,é o que estou a fazer e também a aprender a pensar um pouco em mim.
O mar continua a ser para mim uma grande referencia...
um abraço e obrigada pela visita
RS

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031